11 agosto 2008

Os Pais - Rubem Alves

"Sei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho. Eu mesmo sempre os empurrei para fora.

Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.

Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira...

Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo..."

Texto: Rubem Alves

Arte: Cezar de Almeida

2 Comentários:

Anonymous beth disse...

A cor da imagem impõe-se ao olhar. Belíssima!
Quanto a querer os filhotes - com idade de filhote - de volta ao ninho pense neles, os filhotes que chegaram aos seus vinte e poucos, os da nossa geração, ao menos. A bem da verdade, quando me vi fora dele, voltar não me parecia algo salutar. Bem, mas tô falando enquanto filhote e RA enquanto ave adulta e saudosa.
Parabéns ao criador da img!

9:34 AM  
Blogger leo fanelli disse...

que lindo texto Regina, ainda não sou pai, mas sei que provavelmente sera assim comigo tambem, não tem como fugir, nisso pai e mãe são tudo igual!! rs
muito obrigado pela força que voce tem dado no meu blog, tenho visitado seu blog com muita frequencia, mas quase nunca da tempo de postar um comentario, grande erro meu, mas isso sera corrigido!!
um abraço

7:10 PM  

Postar um comentário

/* ----------------------------------------------- Blogger Template Style Name: Minima Ochre Designer: Douglas Bowman URL: www.stopdesign.com Date: 28 Feb 2004 ----------------------------------------------- */

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial