05 maio 2008

Pierrot



Cancioneiro
Fernando Pessoa

Pierrot Bêbado

Nas ruas da feira,
Da feira deserta,
Só a lua cheia
Branqueia e clareia
As ruas da feira
Na noite entreaberta.

Só a lua alva
Branqueia e clareia
A paisagem calva
De abandono e alva
Alegria alheia.

Bêbada branqueia
Como pela areia
Nas ruas da feira,
Da feira deserta,
Na noite já cheia
De sombra entreaberta.

A lua branqueia
Nas ruas da feira
Deserta e incerta...

Apenas uma pequena homenagem à foto de 82 anos atrás. Tocou-me profundamente esse pierrot órfão, meu pai.

2 Comentários:

Anonymous betharr disse...

E não é que ele guarda em seu atual semblante um quê do menininho da foto? Dia chegará em que teus descendentes te vejam, ainda, na menininha da foto. Tomara que com a saúde do Sr R.

11:50 AM  
Blogger Regina Célia disse...

Obrigada, Big.

3:12 PM  

Postar um comentário

/* ----------------------------------------------- Blogger Template Style Name: Minima Ochre Designer: Douglas Bowman URL: www.stopdesign.com Date: 28 Feb 2004 ----------------------------------------------- */

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial